Coletivo de artistas-professores em dança que propõe a pesquisa e difusão do Contato Improvisação em Curitiba e Paraná. Composto por Yiuki Doi, Marina Scandolara, OberDan Piantino e Diogo Rezende. Promove: aulas regulares, JAMs, Improvisos, Vivências para público em geral e Workshops para grupos de Dança, Teatro e Performance.

terça-feira, 4 de setembro de 2018

SummuS no IV Seminário e VII Mostra de Dança Guido Viaro (5 e 6 de Setembro de 2018)

Venha participar da oficina-performance com o SummuS Contato Improvisação no IV Seminário e VII Mostra de Dança Guido Viaro

reVOADA reVIRADA

Move territórios de relações tecidos na ação de reconhecer-se parte de um coletivo de seres diferentes. Na dança de compartilhar trajetos e gestos, cada indivíduo gerencia sua expressividade enquanto grupo se revira em lógicas e sentidos.


  • CRIADORES-INTERPRETES: Helena Fernandes, Liz Bit, Lucas Lobo e Maisa Ribeiro.
    .
  • COORDENAÇÃO E DRAMATURGIA: OberDan Piantino..
  • REGISTROS AUDIOVISUAIS: Emilia Senapeschi
    .
  • AGRADECIMENTOS a todos que participaram em algum momento do LAB de Criação em Dança-Teatro no Movimento Enxame em 2018: Claudia Sperandio, Diego Bachmann, Diogo Bonito, Emilia Senapeschi, Guilherme Menezes, Helena Fernandes, Jaqueline Rosa Augusto, Jean Christofolli, João Manuel Mota, Kristy Rafaela, Eliza Bittencourt, Lucas Lobo, Lucas Sequinel, Maisa Ribeiro, Mariana Galli, Melyn Alves, Priscila Rodrigues, Talyssa Patrocinio Mendes, Vivian Schmitz.
    .

SERVIÇO

  • OFICINA-PERFORMANCE: "reVOADA reVIRADA"
  • DATA/HORÁRIO: 06/09/2018, das 16h às 18h
  • ENTRADA: Gratuita
  • CLASSIFICAÇÃO: Livre
    .
  • LOCAL:  Centro Estadual de Capacitação em Artes Guido Viaro – CECAGV
    Auditório Beto Lima. Rua Francisco Mota Machado, 490 - Capão da Imbuia – Curitiba/PR

Veja a programação completa e gratuita do Evento no Facebook e abaixo

Guido Viaro_Programação 180905
Guido Viaro_Programação 180906

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Improviso na Mostra Momentos

facebook.com/Aulão + Improviso Dança e Música na Mostra Momentos



A partir do aulão de dança "Composições em Expansão e Recolhimento", compartilharemos estratégias individuais e coletivas para a criação de jogos e investigações entre corporeidades e musicalidades.

Em diálogo com a Mostra Momentos, perguntamos:
– De qual distância o frágil se torna forte e vice-versa?

OBSERVAÇÕES:
1) Atividade aberta a todas as pessoas.
2) Musicistas são bem vindos/as!


Improviso Dança e Música
por SummuS Contato Improvisação e UM Núcleo de Dança da Unespar

Proponentes: Yiuki Doi e Oberdan Piantino


– ONDE E QUANDO?
Na Mostra Momentos / Memorial de Curitiba – 02/09/18 das 16h às 18h

– COMO CONTRIBUO?
Haverá uma caixinha/pote de contribuição para custos de produção, músicos etc

Venha assistir, dançar e performar!

. . .

ORGANIZAÇÃO
. SummuS Contato Improvisação
. UM - Núcleo de Pesquisa Artística em Dança

APOIO
. I Mostra Momentos
. DANCEP
. UNESPAR / FAP
. Cardumes em Rede

mostra momentos 1809

sábado, 25 de agosto de 2018

Exercício de integração de conhecer os alunos.

Aprendi com a Juliana Greca. Yiuki

  1. Os professores criam uma lista de perguntas, onde a resposta é sim ou não.
  2. As pessoas que respondem sim devem criar um círculo(s) em conjunto.
  3. As pessoas que respondem não, devem criar uma linha em conjunto.
  4. É um exercício de criatividade.

Exercício de apresentação e memorização dos nomes

Aprendi essa dinâmica com a Juliana Greca. Yiuki Doi

  1. Todos caminham na sala;
  2. A cada encontro você deve dizer dizer o seu próprio nome apara a outra pessoa, repete isso várias vezes;
  3. Passado um tempo, agora você deve dizer o nome da outra pessoa a cada encontro;
  4. É um exercício de repetição, mas eficiente para memorizar os nomes das pessoas.

Exercício de Kundalini em pé

É um ótimo exercício para aquecimento, principalmente nos dias fríos de Curitiba. Aprendi isso na aula de contemporâneo da Cintia Napoli. Yiuki Doi

  1. Bípede, parado, deixar os pés na largura do quadril com joelho levemente dobrados.
  2. Começar a balançar o joelho e o quadril gradativamente até começar a chacoalhar o corpo inteiro. Primeiro focar a atenção e o sentidos no quadri e no joelho, depois a coluna, de baixo para cima. Após isso, deixar o movimento reverberar para corpo inteiro.
  3. Inicialmente os pés estão no chão, sem sair dele. Pouco a pouco eles podem sair do chão e também brincar transferências de pesos entre eles também.
  4. Se quiser, depois de um tempo, pode convidar para chaqualhar e deslocar na sala.
  5. Pode parar repentinamente e pedir para caminhar e perceber o seu corpo, ou ir diminuindo o movimento até aquietar.

Exercício: Respiração do Bambu (Yiuki Doi)

É um exercício baseado na respiração do oceano:

  1. Em pé, com os pés na largura do quadril, cubra seu umbigo com as mãos e preste atenção nos movimentos e nas sensações que acontecem nesse lugar enquanto você respira.
  2. Em seguida comece a balançar suavemente. Na inspiração balança para frente, colocando o peso do corpo sobre a frente da sola dos pés (metatarsos/dedos). Na expiração, balança para trás, colocando o peso do corpo nos calcanhares.
  3. Deixar o movimento desenvolver de forma orgânica criando novos caminhos de direções. Traga a imagem de bambú sendo balançado pelo vento. Pouco a pouco a respiração se torna mais organica e livre para todas as direções também. Quando bambu balança, pode utilizar a cabeça e os braços conforme suas necessidades.
  4. Oriente para brincar com transferências de peso, flexão de um dos joelhos desenvolvendo as torções da coluna vertebral, brincar de amassar uvas ou aterrar os pés nas areia do mar, etc. Deve usar a imaginação e criatividade para conduzir o exercício.

Yiuki Doi

A respiração do oceano (Chi Kung)

Pesssoal, segue a seguir um ótimo exercício de respiração para iniciarmos as as nossas aulas de dança. FONTE: O Chi Kung da respiração Interna – por Michael Winn

  • Em pé com os pés abertos na mesma distancia dos ombros. Relaxe a sua respiração, sorria e leve a sua atenção para o centro do corpo, para o nível do umbigo.
  • Balance o corpo suavemente, inspire enquanto balança para frente, colocando o peso do corpo sobre a frente da sola dos pés, e expire enquanto balança para trás, colocando o peso do corpo no calcanhar.
  • Quando inspirar, levante os braços levemente para cima, como se estivesse imitando as ondas. Quando expirar, deixe seus braços caírem suavemente. Suas mãos não tocam no corpo neste exercício, mas você pode imagina-las pulsando e criando uma bola de energia que irradia de seu umbigo.
  • Assim que sentir a sensação de onda crescendo, sinta-a penetrando profundamente em seu corpo, na dimensão interna do corpo, e pulsando novamente de volta para fora do corpo. Sinta esta onda se expandindo para fora, para além de seu corpo, para tão longe quanto consiga ainda sentir a sua pulsação. Pratique o tanto que quiser e se sentir bem. Você vai se sentir muito relaxado e energizado com este exercício.
  • Quando terminar. Cubra seu umbigo com as mãos e preste atenção na vibração sutil e na sensação morna pulsante da energia fluindo em seu corpo.