Coletivo de artistas-professores em dança que propõe a pesquisa e difusão do Contato Improvisação em Curitiba e Paraná. Composto por Yiuki Doi, Marina Scandolara, OberDan Piantino e Diogo Rezende. Promove: aulas regulares, JAMs, Improvisos, Vivências para público em geral e Workshops para grupos de Dança, Teatro e Performance.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

CURITIBA/DANÇA: Workshop c/ Alejandro Ahmed do Grupo Cena 11 (Dias 18 e 19/10/14)

Pessoal:

teremos workshop com coreógrafo Alejandro Ahmed e a bailarina e assistente de criação do Grupo Cena 11 Mariana Romagnani, final de semana que vem. 

Venham e se inscrevam antes:

  • Datas:
  • Dia 18/10 das 14h às 18h.
  • Dia 19/10 das 14h às 18h.
  • Local: Casa Hoffmann- Centro de Estudos do Movimento, no Largo da Ordem.
  • Inscrições: pelo email marilaemovimento@hotmail.com e pelo telefone 3321.3228.
  • Limite de vagas: 25 pessoas
  • Gratuito

 

Workshop - Percepção Física e Composição Generativa

Percepção Física e Composição Generativa

Ministrada pelo coreógrafo Alejandro Ahmed e a bailarina e assistente de criação do Grupo Cena 11 Mariana Romagnani, a oficina “Percepção Física e Composição Generativa” tem o intuito de instrumentalizar o corpo para processar informações de maneira a torná-lo mais apto a observar e fazer um exercício crítico constante do movimento, buscando um controle mais apurado das dramaturgias que este pode propor.

Transitando por informações que guiam os atuais interesses estéticos do Grupo Cena 11, esta oficina é voltada para o exercício de estratégias coreográficas que evidenciam a co-autoria de cenas formuladas através de emergências composicionais.

Estas estratégias propõe uma dança em que a deliberação das ações não sejam o mote primeiro de sua composição, mas que se formule através de um controle remoto em que percepção e adaptação são instrumentos de negociação com outros corpos e limites.

A oficina é dividida em dois módulos correlacionados. Na primeira parte são  explorados exercícios que propõe diferentes modos de lidar com o peso do próprio corpo como matéria de produção da movimentação. E que buscam aprimorar a consciência de vetores gerados e percorridos pelo corpo durante cada ação. Em extensão a isso, a segunda parte da oficina se utiliza dos mesmos parâmetros em ações coletivas, tomando como partida algumas cenas das últimas produções da Companhia.

Apoios e Realização:

  • Itau Rumos Dança
  • Casa Hoffrmann- Centro de Estudos do Movimento
  • Grupo de Pesquisa em Dança do Campus II da UNESPAR
  • Emovimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário