Coletivo de artistas-professores em dança que propõe a pesquisa e difusão do Contato Improvisação em Curitiba e Paraná. Composto por Yiuki Doi, Marina Scandolara, OberDan Piantino e Diogo Rezende. Promove: aulas regulares, JAMs, Improvisos, Vivências para público em geral e Workshops para grupos de Dança, Teatro e Performance.

quarta-feira, 26 de março de 2014

CURITIBA: ESPETÁCULO “SER OUTRA” TRAZ A CURITIBA UM MERGULHO PROFUNDO NO UNIVERSO DA MULHER (5,6 e 7 de Abril de 2014)

Ser Outra

Fruto de três anos de pesquisas, o espetáculo “Ser Outra” trata de temas relacionados à violenta objetificação do corpo feminino nas mais diversas culturas. Seu processo de investigação se desenvolve a partir de um mergulho profundo em materiais documentais sobre o tema e em pesquisas de campo em Delegacias da Mulher e em Grupos de Ajuda a mulheres vítimas de violência física e psicológica. Para a criação desse trabalho, as artistas buscam também outras referências em obras de artistas como Hilda Hilst, Frida Khalo, Lia Rodrigues, David Lynch e Simone de Bauvoir, além de inspirações em imagens de diversas Vênus: da figura primitiva aos ícones da renascença. Para tratar dessa complexa e polêmica temática, as artistas rompem os limites da linguagem teatral e contaminam-se com princípios estéticos da dança contemporânea, da poesia e da performance, resultando em um espetáculo hibrido com uma teatralidade centrada não apenas no texto falado, mas também nas imagens criadas pela relação entre os corpos das interpretes e os objetos presentes em cena. O encontro de uma mulher com uma cadeira e seu avesso num sótão; o diálogo entre teatro, dança, poesia e performance; e a exposição da violência e midiatização do corpo feminino são as três camadas dramatúrgicas onde se constrói a complexa dialética desse espetáculo que se mostra ao público de uma maneira densa, crítica e emocionante, mas ao mesmo tempo sensível, poética e bem humorada

Esse espetáculo trata de um tema relevante para uma reflexão atual: a midiatização do corpo feminino e todas as neuroses causadas pela sexualização da imagem feminina pela mídia. Este é um tema antigo e completamente contemporâneo. Vide o crescimento de vítimas de compulsões alimentares e da violência física e psicológica que assola o país. O IPEA (Estudos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostra que a proporção de casos de morte de mulheres em 2011 supera os casos de 2001.

Serviço:

  • Teatro Cleon Jacques
  • Rua Mateus Leme, 4777, São Lourenço – Curitiba/PR
    • Dia 4 de abril às 21h
    • Dia 5 de abril às 12h
    • Dia 6 de abril às 15h
  • Inteira: R$8,00 Meia R$4,00

Vídeo-divulgação - http://www.youtube.com/watch?v=cttoiTUg3oY

Outras notícias:

FICHA TÉCNICA

  • Concepção, direção, coreografia e interpretação: Ana Paula Lopez e Paty Jaia
  • Orientação Geral: Wesley D'Alessandro
  • Orientação Coreográfica: Prem Mukti Mayi
  • Poesia: Hilda Hilst
  • Figurinos: Maha Lakshami Store
  • Trilha Sonora: Paty Jaia e Ana Paula Lopez
  • Iluminação: Lucas Brandão e Roberto Setton
  • Operação de Som e Participação Especial: Luciana Cacioli
  • Operação de Som: Luciana Cacioli
  • Arte: Ângela Ribeiro e Lucas Brandão
  • Teaser: Lucas Brandão
  • Edição de Trilha: Márcio Garcia
  • Fotos: Murillo Basso e Felipe stucchi fiero
  • Produção: Na Cia das Meninas.
  • Apoio: Projeto Lakshmi

Atenciosamente,

Rodrigo Caddah (Produtor Local 41- 9669–6100)

Nenhum comentário:

Postar um comentário