Coletivo de artistas-professores em dança que propõe a pesquisa e difusão do Contato Improvisação em Curitiba e Paraná. Composto por Yiuki Doi, Marina Scandolara, OberDan Piantino e Diogo Rezende. Promove: aulas regulares, JAMs, Improvisos, Vivências para público em geral e Workshops para grupos de Dança, Teatro e Performance.

domingo, 16 de março de 2014

SUL EM CONTATO - Festival de Contato Improvisação de Porto Alegre (18 a 21 de abril de 2014)

Em 2014, o Sul em Contato acontecerá no feriado da Páscoa e Tiradentes, de 18 a 21 de abril em Porto Alegre. Haverá um intensivo de 9h com Ralf Jarochinski (Alemanha), quatro laboratórios de 2h facilitados por Ana Alonso (SC), Alessandro Rivelino (RS), Juliana Vicari (RS) e Yiuki Doi (PR). Uma noite de performances, uma aula de Thai Massagem, um Percurso Performático Urbano, Picnic e JAMs todas as noites. Será na Casa Cultural Tony Petzhold (Av. Cristóvão Colombo, 400) em Porto Alegre. A inscrição é R$ 300,00. Mais informações sulemcontato@gmail.com e www.sulemcontato.blogspot.com.

O Sul em Contato é um encontro para prática e aperfeiçoamento de bailarinos, atores e interessados na dança Contato Improvisação (CI). Foi realizado inicialmente em 2009 durante 9 meses com a participação de 12 professores do Brasil, Argentina, Uruguai e Alemanha. Eles ministraram oficinas de 18h/aula cada, facilitaram jams, exibiram vídeos e performances. O projeto foi financiado pelo Fumproarte da Prefeitura de Porto Alegre e tinha o objetivo de ampliar o número de praticantes de CI. Em 2012, celebrando 40 anos de existência do CI realizamos a primeira versão compacta do Sul em Contato: 4 dias com 3 professores da América do Sul e mais 2 dias com um norte americano. Foi um evento tão bem sucedido que se repetiu em 2013 entrando definitivamente para o calendário de festivais anuais do Brasil.

Sul em Contato 2014_Flyer Eletrônico_ 140317

PROGRAMAÇÃO - Sul em Contato 2014

 

 

 

 

SUL EM CONTATO - Festival de Contato Improvisação de Porto Alegre (De 18 a 21 de abril de 2014)

O Sul em Contato é um projeto de difusão da dança Contato Improvisação através de diversas práticas com todos os interessados nesta forma de movimento. Foi realizado pela primeira vez em 2009 e teve a duração de nove meses. Vieram à Porto Alegre 12 professores com larga experiência em CI do Brasil, Argentina, Uruguai e Alemanha. Eles ministraram oficinas, facilitaram JAMs, exibiram vídeos, fizeram debates e performances. O projeto foi financiado pelo FUMPROARTE e contou com mais de 384 horas de atividades. A proposta do Sul em Contato foi inspiradora para outros festivais no Brasil como o "Disseminação Contato", em Brasília. Depois dele a dança Contato Improvisação passou a ser mais conhecida e praticada em Porto Alegre além de ter proporcionado conexões e intercâmbios entre bailarinos de outras cidades, estados e países. Em 2012 o projeto foi retomado de forma independente de financiamentos e em um formato compacto de dois fins de semana com 3 professores sul americanos e um norte americano totalizando 50h de atividades. Em 2013 contamos com 4 professores sul americanos, um da Argentina, dois do Uruguai e um do Chile. Neste ano de 2014 vamos ter uma oficina intensiva com o alemão Ralf Jaroschinski, 4 laboratórios com professores da Região Sul do Brasil (Alessandro Rivellino, Ana Alonso, Juliana Vicari e Yiuki Doi) uma longa prática de massagem tailandesa com a uruguaia Catalina Chouhy, além de performances no local do festival, JAMs, um percurso performático urbano, um bate-papo sobre o Contato Improvisação no Brasil e muita convivência entre todos.

PROGRAMAÇÃO

HORA

SEXTA

18/04

HORA

SÁBADO

19/04

HORA

DOMINGO

20/04

HORA

SEGUNDA

21/04

9h-10h

Abertura

9h-12h

Oficina Ralf

10h-12h

Lab Ana

10h-12h

Lab Ale

10h-13h

Oficina Ralf

12h-14h

Almoço

12h-14h

Almoço

12h-15h

Bate-Papo Almoço (Suzi)

13h-15h

Almoço

14h-16h

Lab Ju

14h-16h

Lab Yiuki

15h-18h

Massagem Thai Cata

15h-18h

Oficina Ralf

16h-18h

Intervalo

17h-20h

Percurso Performático

18h-20h

Encerramento

18h-20h

Intervalo

18h-19h

Perfomances

20h

JAM

   

20h

JAM

19h

JAM

       

 

Oficina com Ralf Jaroschinsk (Alemanha)  -  9h/aula

ralf2

PALPÁVEL - No início das aulas nos conectaremos com o nosso centro e aumentaremos nossa consciência e escuta corporal. Descobriremos mais e mais nossos impulsos internos e as expressões autênticas em nossos movimentos. Experimentaremos as texturas das conexões com nossos parceiros, focalizando nas sinergias das ações e reações dentro de nossas danças e deixando os movimentos se cultivarem ao invés de os inventarmos. Como nossos movimentos serão conectados com a fonte do nosso centro, naturalmente vão ser caracterizados pela generosidade e integração e, assim, não vamos nos cansar. Além disso, vamos desfrutar da grande liberdade deles e do delicioso suporte do espaço. A dinâmica de nossa dança vai ser forte, única e surpreendente. Vai ser bem palpável que o Contato Improvisação melhora nossos reflexos, nosso equilíbrio corporal e mental e, enfim, também nossa saúde.

RALF JAROSCHINSKI, natural da Alemanha, viveu no Rio de Janeiro na infância. Formou-se em ballet e dança moderna na Universidade de Hannover e em dança contemporânea em NY. Encontrou o CI em 1994 e estudou com Roberto Galván, Daniel Lepkoff, Alito Alessi, Martin Keogh, Nancy Stark Smith e outros. Foi diretor e coreógrafo da Cia de Dança do Teatro de Hildesheim e coreógrafo convidado dos ballets nacionais de Hannover, Karlsruhe e Munique entre outras companhias da Europa. Criou mais de 100 coreografias e dançou peças de CI criadas por Brandin Steffensen e Scott Wells e em cooperação com Rosemary Hannon, Sean Feit e Andrew Wass entre outros. Ensina CI regularmente pelo mundo e se apresentou com Nita Little, Ray Chung, Benno Voorham, Felix Ruckert, Mirva Mäkinen, Tim O’Donnell entre outros. Realizou varias obras de CI e treinou nesta técnica os bailarinos do Balé Teatro Guaíra em Curitiba, da Compañía de ballet de Trujillo e do Ballet San Marcos em Lima,  Danza Común em Bogotá, Colombia, de Karen Peterson & Dancers em Miami, EUA, da GöteborgsOperans Danskompani e do Cullberg Baletten em Estocolmo.

Laboratório com Juliana Vicari (Porto Alegre - RS) - 2h/prática

Juliana Vicari

GROUNDING - RAÍZES PARA VOAR: Este será um espaço de experimentação a partir do contato do corpo com o chão. O termo grounding pode ser entendido como “energia em relação”: um desejo por conexões dentro/fora do corpo relacionado ao suporte respiratório, ao movimento a partir do assoalho pélvico, à consciência do peso do corpo e do movimento a partir dos pés. Dentro das variadas funções do pé no movimento humano, destaca-se o poder de amortecer o impacto e propulsionar o peso do corpo. Esta dupla personalidade do pé promove o enraizamento necessário para que o corpo salte e suspenda sua massa. Neste sentido, o grounding pode ser descrito metaforicamente como raízes para voar.

JULIANA VICARI, Bailarina, coreógrafa e professora. Mestre em Artes Cênicas pela UFRGS. Especialista em Arte, Corpo e Educação pela UFRGS. Analista de movimento Laban pelo LIMS - Nova York. Licenciada em Dança pela UERGS. Atualmente trabalha como professora do Curso de Licenciatura em Dança na ULBRA e terapeuta corporal em bioenergética no Namastê - Centro de Meditações Ativas e Bioenergética. Praticante de contato-improvisação desde 2004. Desenvolve há 4 anos a pesquisa sobre grounding, entrelaçando procedimentos da dança e educação somática.

 

Laboratório com Ana Alonso (Florianópolis - SC) - 2h/prática

Ana Alonso

ONDE O MOVIMENTO ACONTECE? - Buscando respostas para essa pergunta estaremos sensibilizando nossas atenções, percepções e vontades... 'Encontro' para mim é uma das mais potentes formas de acessar o movimento, ou de vincular-se ao movimento. Desejo de encontro... Para isso, estaremos investigando respiração, peso, percepção e espaço! Mas também o vazio entre um corpo e outro. O vazio entre pensamento, vontade, espaço. A possibilidade de permitir-se perceber a mudança e aprender a dançá-la desde um lugar esvaziado de pretensões. Na prática estaremos investigando possíveis respostas para estas questões!

ANA ALONSO, ensina Dança Contemporânea (1999 – 2009). Promove jams de Dança desde 2004. A partir de 2009 trabalha com Contato Improvisação nos projetos: Transformando pela Prática: Festival Internacional de CI na Natureza; Entrando em Contato: difusão, intercambio e promoção do CI em Fpolis e na região sul do Brasil. Formada em DanceAbility, foi co produtora do Curso de Formação de Professores de DanceAbility em fev./ 2011. Desde 2011 integra o Plano B: coletivo de experimentações em movimento com foco no cruzamento entre a performance, o contato improvisação e espaços urbanos. Participa de festivais como professora e bailarina, entre os quais: Múltipla Dança (Fpolis, SC), Festival de CI Ilhabela (SP), Em Com Tato (Bahia), entre outros. Mestre na Educação UFSC; com pesquisa sobre Contato Improvisação (2010 -2012). É professora da área de Dança no DEART/UNICENTRO (2012-2014) onde coordena também o projeto de pesquisa Poéticas do Corpo e da Dança com foca na improvisação.

Laboratório com Yiuki Doi (Curitiba - PR) 2h/prática

[EHR_3689%255B5%255D.jpg]

A IMAGINAÇÃO DO PONTO E SUA REVERBERAÇÃO NO CORPO - O laboratório usará a imaginação do ponto e suas reverberações em sensações corporais.  Através delas, realizaremos um trabalho de aterramento, relaxamento da cabeça e quadril, verticalização do corpo, respiração e olhar. São ferramentas brincantes que poderão auxiliar na propriocepção dos dançarinos.

YIUKI DOI, bailarino da desCompanhia de dança, propositor do projeto SummuS Contato Improvisação, produtor e idealizador do Projeto Oficina Curitiba e integrante do Fórum de dança de Curitiba. A sua experiência corporal advém de atividades variadas como dança de salão, dança contemporânea, patinação artística de quatro rodas, teatro de boneco e nei-kung. Fez workshop dos seguintes profissionais da dança: Tuca Pinheiro, Cintia Napoli, Dani Lima, Sueli Machado, André Curti e Artur Ribeiro (Dos às Deux), Giselle Rodrigues, Clara Trigo, Ana Vitória, Rosemeri Rocha, Olga Nenevê, Alessandra Lange, Ailton Galvão, Mariana Gómez, Marila Velloso, Donnie Mather, Mario Nascimento, Cândida Monte, Edson Fernandes e Minako Seki. Conheceu o Contato Improvisação em 2007 com Olase Freeman, após isso investiu em oficinas com Ralf Jaroschinski, Ana Alonso, Nita Little e Paula Zacharias. Participou do III e IV Encontro Internacional de Contato Improvisação de São Paulo (2011 e 2012) onde realizou workshop da Fernanda Carvalho Leite, Nita Little, Diogo Granato, Fernando Neder, Daniela Schwartz, Eckhard Mueller e do Autarco Arfini.  Como artista criador fez parte da montagem do espetáculo “allsense/2006”, “Ainda é rosa/2008”, “Lugares de mim/2008”, “Feche os Olhos para Olhar/2010”, "Vozes do Outono/2011", "sobre sujeitos, objetos e afetos/2012" e “IN-REAL acontecimentos poéticos/2012” da desCompanhia de dança.

 

Laboratório com Alessandro Rivellino (Porto Alegre - RS) 2h/prática

Alessandro Rivellino

DANÇAR O TEMPO - Sem apego ao passado e sem ataques de futuro, a proposta é aprofundar a presença físico-química do corpo e da cinesfera ao trabalhar a percepção, onde estados corpomente profundos possam ascender numa entrega de peso à vertigem da força que nos compele a mover.
Força da Gravidade. Paradoxo Peso/Leveza. Pensar com o Corpo. Vazio Positivado. Percepção.

ALESSANDRO RIVELLINO se apaixonou pela prática do Contato Improvisação há 07 anos e neste tempo tem mergulhado em workshops, pesquisas, aulas, imersões e JAMs, absorvendo o mistério da dança através das importantes danças que já teve. Em termos de ensino-aprendizagem em formato-aulas participa do movimento como aluno e professor, recebendo ensinamentos de  Nita Litle, Nancy Stark Smith, Mike vargas, Martin Keogh, Autarco Arfini, Ray Chung, Andrew Harwood, Gustavo Lecce, Cristina Turdo, Ralf Jaroschinski, Ivan Baucia, Catalina Chouhy, Paula Zacharias, Sasha Bezrodnova, Eckhard Muller, Daniela Schwartz, Otto Akanen, Eliana Bonard, Ricardo Neves, Rossana Alves, Camillo Vacalebre, Rocío Rivera, Gabriel Greca, Lela Queiroz, Denise Ullmann, Luzmilla y Jose, Mariana Casares, Ruth Ferrari, Fernanda Carvalho Leite, Heike Kuhlmann, Nikola Bahna, Soraya Jorge, Guto Macedo, Gabriel Forrestieri, Andrea Fernandes, Fernando Neder, Carola Yulita, Florencia Martinelli, Claudio Rodriguez  e muitos outros.

Oficina com Catalina Chouhy (Uruguay) 3h

Catalina Chouhy

MASSAGEM TAILANDESA, UMA EXPERIÊNCIA SENSÍVEL DE ENSINO - APRENDIZAGEM

Mediante uma seqüência de massagem tailandesa nos abriremos à informações que decodificam as mãos a través do toque, escutando e entendendo a lógica das articulações, reconhecendo as zonas corporais mais sensíveis e mais fortes para dar e receber peso, abrindo o canal de comunicação a través do qual se construa um estado de equilíbrio e calma.

CATALINA CHOUHY - Dançarina, professora e criadora, Licenciada em Educação Física, terapeuta de massagem Tailandesa. Entusiasticamente comprometida no desenvolvimento do CI no Uruguai. Coordena ciclos e oficinas com professores diferentes uruguaios e estrangeiros, e é feliz co-organizadora do Festival de Contato Improvisação, em Montevidéu. Formada em Montevidéu, no Espacio de Desarrollo Armónico e em Contradanza e em Amesterdam na SNDO (Escola para o Desenvolvimento da Nova Dança) como estudante convidada. Tem estudado massagem tailandesa na Thai School em Montevidéu. Aprofundou seu estudo do Contato e Improvisação com diferentes mestres como Florencia Martinelli, Florencia Varela, Nancy Stark Smith, Mike Vargas, Nita Little, Julien Hamylton, Martin Keogh e Ray Chung entre outros. Da aulas e oficinas de Contato Improvisação desde 2005 em Montevidéu e outras cidades dentro Uruguai. Tem ministrado aulas em Amsterdam, no festival de contato em Freiburg e em diversas cidades no Brasil. 

 


SUL EM CONTATO 2014

REALIZAÇÃO:

Grupo Tato

APOIO:

Apoio


Nenhum comentário:

Postar um comentário